Preservar a floresta amazônica custa caro

O Presidente da Guiana Bharrat Jagdeo pretende transforma – lá em um dos países ambientalmente mais progressistas do mundo ao preservar vastas extensões da sua floresta tropical, mas, com uma condição: desde que as nações ricas paguem por isso.

Segundo o site G1 (globo.com), Jagdeo enunciou:
“Podemos gerar dinheiro com a preservação das florestas, podemos usar esses recursos para investir em oportunidades de baixo (grau de emissões de) carbono, e podemos usar parte desse dinheiro para tornar nossa economia resistente à (mudança) climática”.

E ainda, como tese ressaltou que a destruição das florestas tropicais provoca mais emissões de dióxido de carbono do que todas as emissões de carros, caminhões, aviões e trens do mundo.

Bharrat Jagdeo quer até US$ 580 mil ao ano para manter preservada uma área do tamanho do Ceará. E para ele, o modelo guianense de preservação poderia ser copiado por outros países.

Mas, garantir aos países ricos de que o dinheiro será usado de forma límpida, e ainda convencer os países subdesenvolvidos, e seus governos, a abrirem mão de sua soberania quando decidirem reservar enormes áreas para a conservação, não será nada fácil.

O Brasil, por exemplo, como portador da maior floresta tropical das Américas, é sempre muito desconfiado e rígido quando se trata da sua relíquia soberania sobre a Amazônia, e sempre que possível resiste à adoção de regras externas relativas à preservação.

O presidente Bharrat Jagdeo terá de esperar os 190 países que participam das negociações para a reunião de Copenhague definirem os graus de redução das emissões de gases do efeito estufa a serem cumpridos até 2020 por países ricos e pobres. Além de buscarem formas de financiamento e transferência de tecnologia para combater o aquecimento e adaptar o mundo às mudanças climáticas. Que exigem gastos de até 100 bilhões de dólares por ano.

Por Matiéli Valduga Bosa

Deixe um comentário

Filed under Meio Ambiente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s